Rastreamento e telemetria veicular: conheça as diferenças

Quando falamos de frotas de veículos, pensar em segurança é essencial e, entre as principais tecnologias contra roubos e furtos temos o rastreamento e telemetria veicular. 

Muitos acham que esses dois métodos são a mesma coisa, mas há diferenças fundamentais entre um e outro. 

No caso do rastreamento veicular, o gestor da frota tem acesso à localização atual dos veículos e pode acompanhar em tempo real o deslocamento dos motoristas.

Já na telemetria veicular os parâmetros são ampliados: podemos ter acesso às condições mecânicas do veículo, por exemplo. 

Neste artigo nós vamos te explicar mais sobre as principais diferenças entre os dois métodos e como você pode escolher a melhor maneira de monitorar a sua frota. 

Rastreamento e telemetria: qual a diferença?

De acordo com dados da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logísticas (NTC & Logística), em 2020 o Brasil registrou 14.159 roubos de cargas. Segundo o relatório, os prejuízos aos donos de frotas chegam a mais de R$1,2 bilhões. 

Diante desse cenário de incertezas, é melhor prevenir com um controle de frota eficiente do que remediar. Por isso, tanto o rastreamento quanto a telemetria veicular atuam como tecnologias à nossa disposição para a segurança das frotas. 

Podemos classificar o rastreamento como uma forma mais simples de monitorar o passo a passo do carro, caminhão ou moto. E isso não quer dizer que não seja eficiente e vantajoso para diversos casos. 

No rastreamento veicular um pequeno aparelho é instalado em uma posição estratégica (e geralmente oculta) do veículo. 

Esse dispositivo emite informações via GPS ou radiofrequência, que dão a posição exata de latitude de longitude do veículo. Com isso, é possível saber, em tempo real, onde cada motorista está. 

Já no caso da telemetria veicular é possível parametrizar a velocidade média do veículo e suas condições mecânicas, além do gestor da frota ter acesso à posição exata do veículo em tempo real.

Quais são as principais vantagens do rastreamento?

Sem dúvida alguma a principal vantagem do rastreamento de veículos é o valor. Essa é a opção de mais baixo custo que mesmo assim é muito eficaz. É possível ter acesso a um rastreador de veículo por preços a partir de R$100 a instalação e R$40 a mensalidade. 

Além disso, o rastreamento também pode ser uma boa forma de iniciar uma cultura de segurança dentro da sua frota de veículos. 

Por ser uma opção de baixo investimento inicial, ela permite que a sua equipe vá se adaptando ao modelo até entender os retornos e sentir segurança em investir em uma solução mais completa e por conseguinte mais cara. 

E a telemetria veicular, quais são os benefícios?

Como já dissemos anteriormente, essa é uma opção de tecnologia de segurança muito mais completa. Por isso ela é mais cara, já que precisa de um sistema de aparelhos mais robusto. 

É possível encontrar aparelhos para telemetria com valores a partir de R$800, a depender da marca e da quantidade de medidas que ele vai disponibilizar.

A tecnologia utilizada nesse caso tem como base a comunicação sem fio, que pode acontecer por sinais de satélite ou rádio. São implementados diversos dispositivos no veículo que vão oferecer relatórios ao gestor, que podem ser em tempo real, diários, semanais ou mensais.

Com a telemetria, o gestor da frota pode pensar em diversas estratégias, para muito além da segurança dos veículos e motoristas. Vale destacar os seguintes parâmetros que um sistema de telemetria pode oferecer:

  • Desempenho completo do veículo, com direito a questões como temperatura do motor, pressurização dos pneus e mapeamento de possíveis falhas mecânicas;
  • Cronômetro em tempo real da condução, ociosidade do veículo, frenagem e embreagem;
  • Além da velocidade média, atual ou em determinados trechos.

Ao ter um sistema de telemetria é possível traçar planejamentos a longo prazo de manutenção, depreciação do veículo e também questões individuais relacionadas a cada um dos motoristas. 

Em relação aos condutores, a telemetria permite que o gestor tenha acesso a parâmetros como:

  • Quais infrações foram cometidas, onde foram cometidas e porque aconteceram;
  • Informações sobre boa condução do veículo como quantidade de vezes que o motorista freou ou andou com o carro “na banguela”.

Com esse tipo de informação é possível acompanhar o desenvolvimento de cada condutor e entender onde cada um pode melhorar.

Como decidir: rastreamento ou telemetria?

Na hora de escolher qual das duas tecnologias adotar, considere as seguintes questões:

  • Tamanho da sua frota;
  • Objetivo da empresa em curto e médio prazo (você quer ampliar o número de veículos? Em quanto tempo?);
  • Características da equipe e questões que você deseja que sejam aprimoradas.

Tendo em mãos essas respostas é possível ir em busca de uma empresa especializada que vai indicar qual das duas opções é a mais vantajosa para o seu negócio.  

Além disso, é importante ressaltar que ambas estratégias são alternativas fundamentais que geram relatórios para processos de logística. Ou seja, além de garantir a segurança da sua frota e funcionários, ainda há a vantagem de gerar planejamento a longo prazo. 

É importante ainda destacar que qualquer equipamento, seja de rastreamento ou telemetria, deve ser aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e certificado pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) ou pela Associação Brasileira de Empresas de Gerenciamento de Riscos e de Tecnologia de Rastreamento e Monitoramento (Gristec).

Ficou interessado em optar entre rastreamento e telemetria?

Agora que você já sabe como funciona cada uma das tecnologias, é só escolher estrategicamente qual das duas se adequa melhor ao seu negócio e procurar uma empresa especializada e segura. Através do SofitView, é possível realizar um controle granular de cada viagem realizada com dados de telemetria (importados através de um fornecedor). A partir dessas informações é possível controlar e ter dados confiáveis sobre a jornada dos seus motoristas e o tempo de descanso, com cada deslocamento e parada.

Por fim, é importante destacar que o rastreamento e telemetria vão organizar melhor a sua frota e, com certeza, fazer com que o seu negócio alcance maior lucratividade e produtividade.

Se você gostou deste conteúdo, confira mais em nosso blog.