A lavagem dos carros é, certamente, uma atividade que contribui com a eficiência e boas condições da sua frota corporativa. Mas você já imaginou a quantidade de água que a sua empresa utiliza para lavar todos os veículos?

 

É por este e outros motivos que a lavagem ecológica, ou lavagem a seco, vem ganhando espaço e adeptos no Brasil, sobretudo entre os frotistas.

 

Seja pelo apelo ecológico ou pela economia, gestores de frota que aderem à lavagem ecológica só tem a ganhar, ao mesmo tempo em que contribuem com a redução do consumo de água e, consequentemente, com a preservação do meio ambiente.

 

Neste artigo, vamos revelar todos os detalhes sobre a lavagem ecológica e falar como a sua frota corporativa pode se beneficiar com ela. Vamos lá?

 

O que é e como funciona a lavagem ecológica?

A lavagem ecológica de carros é um processo relativamente simples e que utiliza, em média, 80% a menos de água em relação à lavagem tradicional.

 

O processo conta com itens como lavadoras de alta pressão, utilizada principalmente para a limpeza das caixas de roda, flanelas e produtos específicos para lavagem a seco, utilizados para retirar a poeira da lataria dos veículos.

 

A lavagem ecológica, quando realizada de forma regular, tende a suprir a demanda da lavagem tradicional e contribuir com a manutenção dos carros da sua frota.

 

Entretanto, este processo acaba não sendo eficiente quando a situação dos veículos é crítica, depois de enfrentar chuva e ficar sujo de lama, por exemplo.

 

Quais as principais diferenças em relação à lavagem tradicional?

A principal diferença entre a lavagem tradicional e a lavagem ecológica é a redução do consumo de água. A lavagem convencional utiliza cerca de 300 litros de água por veículo leve e chega a consumir até 1.000 litros para veículos pesados.

 

Quando descartada no meio ambiente, essa água acaba levando consigo graxas, óleos e outros resíduos para os esgotos públicos. Se o dano é considerável por veículo, imagine a quantidade de água e de resíduos jogados no meio ambiente com a lavagem constante de uma frota?

 

A lavagem ambiental utiliza até 3 litros de água por lavagem. Algumas empresas conseguem realizar o processo com apenas 1 copo de água. Além disso, a lavagem a seco utiliza panos de microfibra, que absorvem a poeira, evitando atritos causados pelas flanelas tradicionais de algodão.

Por que a lavagem a seco é tão importante?

A responsabilidade ambiental nunca esteve tão presente no dia a dia e nas tendências apontadas para a gestão de frotas.

 

O ciclo vai desde as montadoras, com a demanda por “carros limpos”, que consumam menos combustível, emitam menos CO2 e sejam reaproveitáveis, até o cuidado com os veículos durante a utilização e manutenção.

 

O desafio dos gestores de frota, neste sentido passa pela busca da eficiência aliada ao cuidado com o meio ambiente. Isso é possível quando os seguintes itens são seguidos:

 

 

Neste sentido, a lavagem ecológica cai como uma luva para o gestor que quer estimular o cuidado com o meio ambiente na gestão de frotas corporativa.

Quais os benefícios da lavagem ecológica para a frota corporativa?

Como estamos falando do ambiente corporativo, onde, muitas, vezes questões financeiras acabam falando mais alto, não poderíamos omitir os custos da lavagem ecológica, não é mesmo?

 

Ao contrário do que muitos gestores possa imaginar, quando tudo é colocado na ponta do lápis, a lavagem a seco não custa mais que a lavagem tradicional. A dificuldade de adesão está mais ligada a escassez deste sistema de lavagem em algumas cidades do que qualquer outra coisa.

 

Mesmo se o processo de lavagem for feito na própria empresa, é possível adquirir um kit de lavagem à seco que rende, em média, 200 lavagens e pode ser adquirido por um valor acessível. Quando fazemos as contas, a economia acaba compensando.

 

Abaixo, listamos alguns benefícios práticos que a lavagem ecológica proporciona para empresas de frota corporativa:

 

  • O custo é equivalente ao sistema de lavagem tradicional, mas cerca de 300 litros de água são economizados por lavagem;
  • A sujeira não é esfregada contra a lataria, evitando danos à pintura;
  • A limpeza da parte interna dos veículos é utilizada com produtos biodegradáveis;
  • A cera de carnaúba, utilizada por algumas empresas, promove um melhor acabamento, brilho e protege os veículos;

Com que frequência é necessário lavar os veículos?

Independente do sistema de higienização escolhido, o ideal é realizar a lavagem da sua frota de veículos pelo menos uma vez por semana. Esse cuidado evita o acúmulo de resíduos e de sujeira o que evita problemas mais graves.

 

Diferente do que é dito, principalmente na internet, não há risco de danos à pintura do veículo caso a lavagem à seco seja realizada com frequência, desde que tudo seja feito da maneira e com os produtos corretos.

 

O ideal é que você tenha esse controle e utilize um sistema de gestão que facilite a visualização dos carros que precisam ser lavados.

Considere aderir à lavagem ecológica!

 

Pronto para dar mais um passo na promoção da responsabilidade ambiental na sua gestão de frotas? Como mencionamos ao longo deste artigo, a lavagem ecológica proporciona não somente a redução de água, como acaba contribuindo com a conservação dos seus veículos, com a imagem da sua empresa e com o seu bolso.

 

Este artigo foi útil para você? Então baixe agora mesmo o nosso checklist diário de veículos e verifique os componentes essenciais para o bom funcionamento da sua frota!