Administrar uma frota corporativa é um desafio diário. Neste sentido, dias de chuva podem prejudicar a sua operação, danificando os seus veículos, atrasando as entregas e causando até mesmo sérios acidentes.

 

Então, você já parou para pensar como os seus motoristas estão dirigindo na chuva? Se a sua frota roda em cidades suscetíveis a enchentes, é necessário seguir uma série de parâmetros de segurança e cabe a você, gestor de frota, determiná-los.

 

Dirigir na chuva requer cuidados específicos e principalmente preparo, por isso queremos te ajudar com este artigo. Aqui, vamos explicar os procedimentos que a sua empresa pode adotar em dias de chuva. Acompanhe!

 

Dirigindo na chuva: quais os principais problemas?

 

Nem mesmo os motoristas mais experientes estão livres dos incidentes causados em dias chuvosos. Para o gestor de frotas, as vias alagadas podem representar problemas sérios, que afetam a receita e a segurança no trânsito, como:

 

  • Água no escapamento;
  • Água no motor;
  • Água na embreagem.

 

Se para um carro de passeio, as áreas alagadas podem representar prejuízos, para uma frota composta por vários veículos, esses prejuízos são multiplicados. A chuva atrasa entregas, gera manutenções imprevistas e pode até levar à perda total do veículo.

 

Listamos abaixo alguns problemas comuns que devem ser considerados pelos gestores nos seus planejamentos e capacitações de motoristas. Também falamos sobre os procedimentos que devem ser realizados para amenizá-los.

 

Carros ilhados

Quando a chuva chega de surpresa e as ruas e avenidas se tornam verdadeiros rios é possível que o veículo tenha que ficar ilhado, sem ter para onde ir. Tentar transpor uma área inundada – com a água cobrindo mais da metade do pneu – nunca é uma boa ideia.

 

O ideal é buscar um ponto seguro e esperar que a chuva passe. Caso isso não seja possível, é recomendado manter uma velocidade constante (na primeira marcha), evitando assim que a água possa ser sugada para dentro do motor.

 

Visibilidade reduzida

Em períodos chuvosos, a atenção deve ser redobrada, isso porque os motoristas acabam perdendo um pouco da noção do que acontece mais na frente e até mesmo do seu posicionamento em relação à via.

 

Manter o para-brisas ligado nestas horas não é só uma recomendação, mas uma obrigação prevista em lei. Por isso, é importante manter os painéis limpos e desengordurados e que a borracha do para-brisa seja conferida e trocada, sempre que for necessário.

 

Pistas escorregadias

Quando está molhada, a aderência da pista costuma diminuir, logo, os veículos acabam perdendo estabilidade, o que pode causar sérios acidentes, sobretudo durante as frenagens. Para evitar que a situação se agrave, revise os pneus! Pneus carecas e pista molhada é uma combinação perigosa que pode ser evitada se a sua manutenção preventiva estiver em dia.

É possível prever quando a chuva vai atrapalhar a operação da frota?

Hoje em dia já é possível prever os períodos de precipitação, basta verificar se a defesa civil da cidade onde a sua empresa está estabelecida disponibiliza aplicativos de alerta para áreas de risco.

Infelizmente, este recurso não está disponível em todas as cidades brasileiras, porém é possível recorrer a outros recursos, evitando danos aos veículos e motoristas.

 

Abaixo, listamos alguns aplicativos gratuitos que podem evitar que o gestor de frotas e os motoristas sejam pegos de surpresa em dias de chuvas muito fortes e evitem áreas de alagamento:

 

  • Climatempo;
  • Accuweather;
  • Weather Underground;
  • Weather Channel.

 

Como prevenir maiores danos à frota em dias chuvosos?

Evitar danos quando dirigir na chuva é inevitável passa sempre por um bom controle e planejamento de frota. Além do alinhamento entre gestores e motoristas, você deve seguir os pontos que listamos a seguir:

Checagem de equipamentos para os dias de chuva

Além da manutenção preventiva básica, a checagem de alguns itens assegura um menor risco para os carros e motoristas que dirigem na chuva. Confira abaixo um checklist básico:

 

  • Suspensão;
  • Para-brisas;
  • Faróis e lanternas;
  • Freios;
  • Palhetas;
  • Balanceamento e alinhamento dos pneus.

 

A importância do seguro em casos de enchentes

É importante que você verifique a cobertura do seguro da sua frota em caso de danos causados por enchentes. Observe isso no ato da contratação ou entre em contato com a seguradora para tirar as suas dúvidas sobre este tipo de sinistro.

Planejamento adequado da rota

O planejamento de rotas de entrega deve considerar também os períodos chuvosos e pontos de alagamento. Considere também definir rotas de fuga e diretrizes básicas para os seus motoristas em dias atípicos de chuva intensa.

Não esqueça da revisão

Quando não é possível evitar que os seus veículos transitem em dias de chuvas fortes, a primeira coisa que deve ser feita assim que possível é uma revisão. Conduza os veículos para uma oficina mecânica e avalie os danos causados.

 

Em situações de calamidade, como a que aconteceu no Rio de Janeiro, por exemplo a orientação é reduzir as suas operações e até mesmo rever o seu planejamento. Considere pensar em períodos de chuva durante a definição de rotas, por exemplo.

 

Afinal, uma via em boas condições pode se tornar intransitável durante alagamentos. Um bom gestor de frotas deve estar atento a esses detalhes.

 

Como orientar os motoristas que precisam dirigir na chuva?

Agora que você conhece os problemas relacionados à direção na chuva, como orientar os seus colaboradores na prática? Que diretrizes devem ser definidas para assegurar a segurança da frota e, sobretudo, dos motoristas?

 

A escolha pode variar de acordo com o seu tipo de frota, mas listamos abaixo algumas ações que servem tanto para veículos menores como os de carga, como caminhões. Confira:

 

  • Manter uma aceleração constante;
  • Desligar equipamentos desnecessários;
  • Câmbio automático em dias de chuva;
  • Cuidado ao frear;
  • Manter distância do veículo à frente.

 

Dirigindo na chuva: conte com a Sofit!

Sabia que a Sofit pode te ajudar a se planejar e evitar danos aos seus veículos em períodos chuvosos? Pois é! Com o nosso software, o controle e monitoramento da sua frota fica nas suas mãos de forma simples, prática e funcional. Confira as nossas soluções clicando aqui.

Este artigo foi útil para você? Então conta pra gente: como os seus colaboradores estão dirigindo na chuva?

Sistema completo para uma gestão de frotas mais eficiente: 

Fácil, intuitivo e online. Alcance melhores resultados e reduza custos com o nosso sistema para controle e gestão de veículos.