Controle de manutenção de veículos

Cuidar de uma frota requer monitoramento constante, além do controle de manutenção de veículos. Dessa forma, a frota estará protegida e não comprometerá a operação e o dia a dia da empresa.

Entretanto, muito se discute sobre como fazer essa manutenção preventiva ou se deve ou não realizá-la. Saiba que, em primeiro lugar, é muito vantajoso fazer esse controle. Descubra mais detalhes no post de hoje!

O controle de manutenção de veículos eficiente

Antes de mais nada, é comum observar que as empresas realizam a manutenção corretiva, isto é, “esperam” a frota começar a dar problemas e/ou chegar ao seu limite para então mandar para o reparo. Por outro lado, a manutenção preventiva pode evitar essas falhas recorrentes para que não haja problemas ou defeitos na frota.

A grande vantagem do controle de manutenção de veículos é que ela pode ser programada, atendendo às necessidades e diminuindo a incidência da manutenção corretiva. Há muitos impactos que podem acontecer se não houver essa intervenção programada.

Além disso, se a manutenção não for realizada por profissionais qualificados é ainda mais desastroso, porque compromete todo o processo e a logística de reparo.

Os outros erros que podem ocorrer quando a empresa de frotas não se preocupa com o controle de manutenção são:

Negligência com manutenção

Algumas empresas acabam vendo a manutenção preventiva como gasto extra e acabam terceirizando esse serviço, escolhendo empresas com preço mais baixo e que não entregam um resultado de qualidade. Isso só compromete a vida dos motoristas e dos clientes, diminuindo a credibilidade. A segurança deve estar em primeiro lugar, sempre.

Falta de qualificação

Para realizar a manutenção, é preciso que haja profissionais competentes, uma mão de obra que tomará as medidas necessárias para que o veículo possa ser “aprovado”. Outro erro é acerca da falta de treinamento. Todos os profissionais precisam de treino, prática e se atualizar nas ferramentas de gestão da manutenção.

Por isso que o controle de manutenção de veículos deve ser eficiente, a fim de prevenir quaisquer problemas. Como a frota tende a ser grande, é ainda mais importante organizar os dias da manutenção, programando-a e assegurando aos motoristas sobre o cronograma e checklist para usar o veículo.

O uso da tecnologia

E falando sobre a organização de toda a manutenção, a tecnologia pode ser a sua grande aliada. Por exemplo, o uso de planilhas ajuda a organizar o cronograma e especificar todos os processos da empresa, além da manutenção, como as despesas, pagamentos, clientes, entradas e saídas. A planilha permite que os motoristas saibam quando devem realizar a manutenção, a hora, o dia.

O uso de softwares especializados também pode automatizar e garantir que as manutenções sejam feitas. Ajudará a acompanhar todo o desempenho da frota e as principais falhas que ocorrerão de modo que na próxima revisão seja feito um checklist. Esse controle pode servir como mapeamento de todas as atividades da frota, analisando os destinos, despesas e gastos, como reduzir os custos ou como aprimorar os serviços.

Logo, utilize a tecnologia em favor da manutenção automotiva, porque essa é a única forma de diminuir o risco de qualquer falha com os veículos. Se você gostou do post sobre como fazer o controle de manutenção de veículos, assine a nossa newsletter para muito mais conteúdo!