Gestão de transportadora

Gerir uma transportadora é algo de grande responsabilidade. O gestor deve compreender bem certos conceitos e apresentar uma visão aguçada, capaz de prever riscos e analisar tendências, condição importante para a aprimorada gestão do negócio.

De modo geral, podem-se aplicar as estratégias e técnicas de gerenciamento que as empresas utilizam, realizando certos ajustes e adaptações e considerando as peculiaridades de uma transportadora, principalmente no que se refere aos riscos. Que tal ver como se faz uma gestão de transportadora? Leia o post e descubra mais sobre o tema:

Cuide bem do gerenciamento financeiro da empresa

Organizar as finanças e mantê-las sob controle é uma importante etapa na gestão de uma empresa. O gestor deve ter sua própria renda e manter o capital da empresa reservado somente para os assuntos específicos. Assim, controle bem receitas e despesas, preferencialmente utilizando um software de gestão.

Caso não possa, a princípio, aproveitar-se dos softwares, controle seu fluxo de caixa por meio de uma planilha muito bem organizada. Lembre sempre que um bom controle financeiro envolve planejamento, definição de metas, corte de custos e otimização dos lucros. É preciso estar sempre atento a receitas, despesas, faturamento, custos, lucros, fornecedores, clientes, estoque, fluxo de caixa, financiamento, capital de giro e assim por diante.

Implemente um gerenciamento de frotas adequado

Para isso, é preciso manter os veículos sob controle e considerar critérios como:

  • Dados do caminhão e motorista;
  • Quilômetros rodados cada dia;
  • Número de entregas por dia;
  • Multas;
  • Pagamento de IPVA, licenciamento, seguro geral, seguro obrigatório;
  • Controle de abastecimento (litros e valores gastos);
  • Controle de óleo (litros e valores gastos);
  • Gastos com pneus, manutenção e compra de peças;
  • Controle de rodízio dos pneus;
  • Peso diário do veículo carregado;
  • Lançamento de quantas vezes o veículo saiu durante o dia;
  • Planejamento eficiente de rotas.

Muitos outros pontos importantes também deverão constar na planilha ou software. Um bom software gerenciador de frota já trará, inclusive, modelos prontos de gerenciamento de frotas.

Avalie perigos com um gerenciamento de riscos

Uma transportadora está sujeita a uma série de riscos, alguns muito peculiares. Roubo de carga, desperdício, dano ou furto interno de mercadorias, produtos com prazos de validade vencidos, acidentes nas rodovias, apreensão de mercadorias ou veículos, multas e atrasos na entrega (causados problemas no trânsito, alterações ou desvios nas rotas, ou problemas com o veículo ou motorista) são apenas alguns dos motivos que podem causar prejuízos inesperados à empresa,

Para gerenciar adequadamente os riscos, é preciso trabalhar os métodos de prevenção e correção. O que fazer para evitar os acidentes e as multas? O que fazer quando eles acontecerem? Como controlar e reduzir o volume de perdas? Como otimizar as rotas, evitando locais perigosos e favorecendo a rapidez nas entregas? Tudo isso deve ser respondido, de modo a reduzir as possibilidades de riscos e garantir solução para os problemas que aparecerem.

Invista no gerenciamento de pessoal

Essa é uma etapa muito delicada no processo de gestão de qualquer empresa. Devem-se escolher os melhores funcionários para compor a equipe, a fim de evitar problemas com desempenho e falta de confiança. Saber dialogar com eles, sendo flexível e, ao mesmo tempo, cobrando que façam suas atividades, vai melhorar a produtividade de seu negócio.

Uma forma de controlar o comportamento dos motoristas é aplicando tecnologia avançada de rastreamento e comunicação. Como em boa parte do tempo esses profissionais estarão viajando, é necessário confiar neles e assegurar-se de que estão guiando corretamente, transportando as cargas em segurança e seguindo as rotas planejadas. O gerenciamento de pessoal envolve também o controle da folha de pagamento: é fundamental que se faça sempre o pagamento sem atrasos, pois isso estimula seus colaboradores.

Você já realiza uma gestão eficiente na transportadora em que trabalha? Que dificuldade está encontrando? Deixe seu comentário!

Cuidados no transporte de cargas de caminhão