No caminho para atingir a excelência na gestão de frotas, muitos gestores saem do senso comum e recorrem a métodos alternativos. É o caso da Pirâmide de Frank Bird.

A Pirâmide de Frank Bird é uma ferramenta poderosa de avaliação de riscos e colabora também com um modelo de gestão adotado por frotistas que se baseiam na análise de indicadores para tomar as suas decisões.

 

Mas você deve estar se perguntando:

Como essa ferramenta pode auxiliar no dia a dia da minha gestão de frotas?

Confira, então, este artigo até o final e recolha dicas valiosas sobre como utilizar a Pirâmide de Frank Bird.

 

Um pouco mais sobre o método da Pirâmide de Bird

Contudo, antes de entender como aplicar este método na sua gestão de frotas, é importante conhecer um pouco mais sobre as suas origens.

A pirâmide de Frank Bird foi desenvolvida ainda nos anos 60 por um engenheiro americano chamado Frank Bird. 

Ela propõe a análise da sequência que leva até os acidentes laborais, por isso, é muito adotada na área de segurança do trabalho.

 

Funciona assim:

Vamos supor que você esteja enfrentando um desafio junto aos motoristas da sua frota. 

Os dados mostram que os comportamentos de risco ao volante estão subindo de  maneira alarmante. Os colaboradores falam ao celular, enviam mensagens de texto e trabalham com sono.

Essa é a base da pirâmide. 

Quando esses comportamentos acontecem de forma constante, tendem a gerar pequenos incidentes, que geram acidentes sem afastamento. 

E esses, por sua vez, podem gerar acidentes com afastamento que, por ventura, podem levar à acidentes fatais.

 

A Pirâmide de Frank Bird na Gestão de Frotas

Não é à toa que a análise de riscos está no centro das discussões sobre mobilidade.

Atuar de forma preventiva, tanto nos processos de manutenção como na operação da frota, não só evita acidentes e salva vidas, como também previne os gastos imprevistos causados por eles.

E uma das suas principais missões como gestor de frotas é justamente garantir a segurança dos seus motoristas.

Visto isso, a adoção de um modelo com base na análise de indicadores, como a Pirâmide de Frank Bird pode ser um passo que mudará para sempre a sua gestão. 

 

Mas você deve estar se perguntando, quais as vantagens tangíveis de adotar uma gestão baseada na análise de indicadores, utilizando a pirâmide de Frank Bird como ferramenta?

A gente explica logo mais abaixo!

Quais as vantagens de utilizar a Pirâmide de Frank Bird como ferramenta de gestão?

Coordenar motoristas nem sempre é uma tarefa fácil. Gestores de Frota experientes enfrentam resistência ao tentar implementar uma cultura de prevenção de riscos, por exemplo.

Isso acontece por que alguns hábitos não são compreendidos como equivocados,  visto que não geram acidentes ou prejuízos para a sua empresa.

Acontece que o estudo de Frank toca exatamente neste assunto.

Através da Pirâmide de Frank Bird, aprendemos que a sequência é que leva ao acidente de trabalho e você pode mostrar isso de forma visual aos seus motoristas.

Confira algumas outras oportunidades que você encontra ao utilizar a pirâmide de Frank Bird na sua gestão de frotas:

Gestão Consideravelmente Mais Segura

O gerenciamento de frotas através da análise de indicadores têm sido o “pulo do gato” de muitos gestores de frota pelo Brasil e no mundo.

Na medida em que a sua empresa estabelece processos de melhorias através da geração de dados, além de tornar a sua frota mais segura, ela está sendo disruptiva. 

Está saindo do status quo, atuando de forma preventiva.

Isso abre espaço para o crescimento exponencial.

 

Identificação de Comportamentos de Risco

A utilização de indicadores para a tomada de decisão requer a identificação de comportamentos de risco através da coleta de dados.

A pirâmide vai te ajudar a entender, de forma visual como esses comportamentos podem se tornar problemas maiores.

 

Melhoria Contínua da Conduta dos Colaboradores

Com a Pirâmide de Frank Bird, você pode agir de forma acertada na gestão dos seus motoristas mais problemáticos. Com o uso da telemetria para a análise do perfil dos colaboradores no trânsito, é possível transformar os dados em ações efetivas, direcionadas para grupos focais, por exemplo.

 

Economia nos Processos de Manutenção 

Contudo, não é só na gestão de riscos que a Pirâmide de Bird faz sentido.

Os processos de manutenção da sua frota podem contar com essa ferramenta de gestão. A fim de detectar os problemas e solucioná-los antes que algo mais grave aconteça.

A utilização e análise de KPIs pode, assim, evitar a aquisição de novos veículos e a ociosidade da sua frota.

 

Como adotar essa ferramenta ao seu modelo de gestão?

Para aplicar este modelo de gestão na frota, a dica é agir de forma gradual envolvendo os colaboradores em todo o processo.

Então não basta apenas comunicar a adoção da análise por indicadores para toda a companhia. É preciso comunicar, portanto, os objetivos das mudanças desde a fase inicial do projeto.

Como gestor, o seu dever, enfim, é engajar e motivar os seus colaboradores. Nenhum modelo de gestão é eficaz sem a participação de todos.

 

A Sofit colabora com a sua gestão por indicadores

Gostou do nosso artigo sobre a Pirâmide de Frank Bird?

Desenvolvemos planos de acordo com a necessidade de cada cliente. Tudo para levar a sua gestão de frotas para outro patamar. 

teste grátis software para gestão de frota