Você sabe o que é pbe veicular?

A escolha por um modelo de automóvel que seja eficiente, econômico e cujo preço compense para o nosso orçamento é uma tarefa que já foi difícil. Digo que já foi, pois, desde 2008, existe a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), que é responsável por apresentar uma série de informações sobre a autonomia e a eficiência do veículo para que possamos compará-lo a outros modelos.

Se você ainda não sabe ler aquela etiqueta de eficiência energética, continue lendo esse post e saiba mais sobre o PBE Veicular e como ele pode reduzir os custos da sua frota.

O que é o PBE Veicular?

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, ou PBE Veicular, é um programa cujo objetivo é deixar visível, em uma etiqueta padrão, o nível de eficiência energética dos veículos. Esse programa foi criado em 2008, visando a prestação de informações úteis que possam ajudar os consumidores na hora de comprar veículos. Outro objetivo do programa é estimular a fabricação e a importação de automóveis cada vez mais eficientes e econômicos.

Graças ao PBE Veicular, o Brasil entrou na lista dos países que desenvolvem programas de eficiência energética e que usam de forma racional os combustíveis em veículos. As fabricantes de automóveis podem participar do programa de forma voluntária e renovar a cada ano essa participação.

Como funciona a etiqueta do PBE Veicular?

A principal ferramenta de informação que os consumidores têm é a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia. Lâmpadas, televisores, fogões, refrigeradores e outros aparelhos já contam com essa estratégia. A classificação dos automóveis funciona em uma escala que vai de A até E, ou seja, do mais eficiente ao menos eficiente.

As informações que fazem parte dessa etiqueta são:

  • Dados do veículo;
  • Classificação da eficiência energética por categoria;
  • Dados de autonomia do veículo, com os tipos compatíveis de combustíveis e o quanto roda na cidade e na estrada;
  • Ano da classificação;
  • Classificação definida;
  • Informações sobre a emissão do gás carbônico por quilômetro rodado.

Se você ainda não sabe ler a etiqueta de eficiência energética dos automóveis, clique aqui e saiba tudo sobre a PBE Veicular.

Como o PBE Veicular reduziria os custos de uma frota?

Imagine um carro da categoria subcompacto, um dos segmentos mais vendidos do país, que faz uma média de 20km com um litro de gasolina e recebeu a etiqueta A de eficiência. Outro veículo da mesma categoria, mais barato, faz 10km por litro. Se você comprasse os dois veículos e rodasse 1000 km por mês com cada um, gastando R$3,00 com o litro da gasolina, teria o seguinte resultado:

  1. Veículo que faz 20km/litro = R$150 para rodar 1000km, consumindo 50 litros;
  2. Veículo que faz 10km/litro = R$300 para rodar 1000km, consumindo 100 litros.

Isso significa que em um único ano, escolher o primeiro veículo seria o equivalente a economizar R$1800,00. Expor essa informação, através da etiqueta do PBE Veicular, força a indústria a atender a expectativa por veículos mais eficientes e econômicos, o que é bom tanto para o seu bolso quanto para o país e o meio ambiente.

Já que falamos de economia, que tal aprender quais são os processos fundamentais para reduzir o consumo de combustível? Clique aqui e saiba mais.