O avanço do Covid-19 no Brasil deixou empresas em pânico. O isolamento social fez com que gestores tivessem que rever as suas estratégias e adotar medidas de higienização de veículos mais rígidas para evitar a contaminação.

No meio dessa crise, o governo federal lançou um decreto definindo o setor de transportes e entregas de carga como um serviço essencial, ou seja, que não deve parar.

Por isso e seguindo uma série de artigos sobre gestão de frotas e COVID-19, a Sofit compartilha com você hoje dicas e protocolos para higienização de veículos.

Acompanhe!

 

COVID-19: Qual o papel do gestor de frotas nesta crise?

O gestor de frotas é, sobretudo, um gestor de pessoas. Neste sentido também é fundamental que você assuma esse papel e cuide da saúde dos seus colaboradores para evitar contaminação pelo coronavírus.

É preciso criar um conjunto de medidas de higienização de veículos baseadas nas recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde). Assim, elas devem perdurar mesmo depois que a pandemia passar. 

 

A ideia é que tudo vire rotina e que os próprios motoristas entendam que o que está em jogo é a segurança e a saúde de todos.

Note que a higienização de veículos precisa ser completa e não só por fora. Abaixo, algumas medidas básicas que precisam ser seguidas:

  • Disponibilização de água e sabão para higienização das mãos dos motoristas;
  • Recomendação para que colaboradores com qualquer sintoma permaneça em casa;
  • Evitar viagens com mais de um passageiro no veículo, se necessário, ir no banco de trás;
  • Criação de material informativo para que as medidas de higienização de veículos seja assimilada e cumprida por todos;

 

Higienização de Veículos: a importância de evitar a contaminação na sua frota

É importante salientar também que a higienização de veículos já deveria estar sendo realizada e fiscalizada pelos gestores de frota. 

Seus veículos precisam ser higienizados regularmente, com lavagens programadas e desinfetação após cada viagem das superfícies.

Um carro é um vetor em potencial de doenças causadas por germes, bactérias e vírus.

Além disso, evitar a sujeira também auxilia na prevenção de acidentes e evita que os seus motoristas fiquem doentes, o que desfalca a sua equipe e reduz  sua produtividade.

 

Protocolo de higienização de veículos em tempos de pandemia de coronavírus

Já é de entendimento público que os carros são vetores de contaminação de bactérias e vírus. 

Estudos da OMS apontam que o coronavírus pode sobreviver em superfícies por dias. Portanto, nunca foi tão importante reforçar a importância da higienização de veículos da frota.

Uma pesquisa do Car Rentals apontou que o volante do carro pode contar até 6 vezes mais colônias de bactérias que a tela de um celular e até 4 vezes mais que um banheiro público!

As demais superfícies dos veículos que merecem um cuidado especial são:

  • Porta-copos;
  • Cintos de segurança;
  • Puxadores internos das portas.

Conscientização dos colaboradores para higienização de veículos

Não é possível evitar novos infectados e se prevenir contra o coronavírus se essa consciência coletiva não estiver na ponta da língua dos seus motoristas. A comunicação precisa funcionar: utilize recursos como adesivos para os carros, relembrando a importância de seguir todos os protocolos de higiene e reforce também as medidas adotadas na sua frota sempre que possível.

Janelas abertas, ar-condicionado desligado

Infelizmente, é preciso seguir sem o ar-condicionado e preferir as viagens com as janelas abertas. Para evitar a proliferação do coronavírus e não colocar os seus motoristas em risco é muito importante que o ar possa circular. Apesar disso, não descuide da limpeza e manutenção dos filtros do ar-condicionado.

Higienização do volante

Pesquisas já apontam que o volante do carro pode ser até 4 vezes mais sujo que um vaso sanitário. Só isso já deveria ser motivo de higienização constante. Para evitar contaminações, forneça um borrifador pequeno e uma flanela e oriente os seus motoristas a higienizarem o volante de forma regular.

Limpeza das peças dos carros

As demais peças dos carros, como bancos, cintos de segurança, puxadores e porta luvas não devem ser negligenciados. Como a limpeza vai passar a ser mais regular. Invista também na hidratação, principalmente se os bancos forem de couro (porosos). Isso irá evitar rachaduras.

Tapetes devem ser limpos diariamente

Bata os tapetes todos os dias. Os tapetes dos veículos escondem poeira, restos de comida, também suor e todo tipo de sujeira. A aspiração e limpeza, com lavagem regular, pelo menos 1 vez por semana, dependendo da atividade também é muito importante.

 

SAIBA MAIS: Lavagem ecológica de veículos

Atenção: álcool em gel 70% pode danificar as peças na higienização de veículos!

O álcool em gel pode danificar algumas superfícies dos veículos da sua frota, por isso, é aconselhável higienizar as superfícies com produtos específicos para isso. 

Evite também produtos de limpeza a base de amônia, pois isso pode comprometer, principalmente, o funcionamento correto do painel.

Na falta de produtos de limpeza de veículos específicos para fazer a higienização de veículos. Uma solução com água e sabão infantil, colocada dentro de um borrifador pode ajudar. Isso deve ser feito depois de cada viagem: 

  • Primeiro, é preciso higienizar as mãos com água e sabão neutro ou álcool em gel;
  • Depois borrife a solução em todo o painel do veículo;
  • Então, utilize uma flanela de microfibra, esfregando bem.

A Sofit está na luta contra a pandemia do coronavírus!

Se todas essas medidas de higienização de veículos foram adotadas, é possível, assim, suprir os seus clientes e prestar este serviço essencial sem grandes danos para a saúde da sua equipe e nem para a população em geral.

 

A pandemia do coronavírus é global. Tudo isso vai passar, mas, para isso é fundamental que todos entendam a urgência de seguir protocolos de higiene e segurança recomendados pela OMS.

 

A Sofit espera que você esteja seguro e faz votos que tudo a pandemia do coronavírus passe logo. Estamos tomando todas as medidas necessárias com a nossa equipe. Faça também a sua parte.