Dono de frota de vans

Redução de risco, diminuição de custos e aumento da produtividade. Alcançar esses objetivos é estabelecer um padrão de qualidade e eficiência no trabalho que permite o bom desenvolvimento das atividades logísticas. Não é por acaso que todo gestor de frotas almeja estabelecer esse padrão na rotina diária da sua empresa e, assim, reunir a excelência necessária para se destacar dentro do mercado.

Para chegar a esse objetivo é importante ficar atento aos cuidados com a frota, afinal, um conjunto de veículos em bom estado e preparado para a execução do serviço é um grande diferencial. Ficar atento a alguns quesitos fazem a diferença na hora de contar com uma equipe e maquinários eficientes que desenvolvam as atividades esperadas e com um grau de qualidade satisfatório.

Reter e controlar as informações sobre a frota é um mecanismo extremamente útil, pois permite conhecer melhor o desempenho e as necessidades dos veículos, além de reunir os dados necessários para se criar um projeto de desenvolvimento e melhorias para as suas atividades. Mas isso é apenas uma parte do trabalho, pois uma boa gestão depende de atenção em diversos quesitos.

Abaixo separamos uma lista com alguns cuidados essenciais para a gestão de frotas. Confira!

Combustível

Fator determinante para o funcionamento das suas atividades e do seu desempenho, além de ser responsável por parte das despesas diretas que a sua empresa manterá. Assim, manter um controle sobre o uso — e consequentemente sobre o gasto — do combustível é estratégico e poderá determinar a ampliação das suas operações, seja em curto ou longo prazo.

É possível controlar e reduzir gastos com os combustíveis, tornando mais eficiente o trabalho e economizando recursos que podem ser empregados em outras ações relacionadas à frota. Para isso, basta realizar ações simples: identificar rotas que sejam mais econômicas, estimar o consumo médio de cada veículo, comparar os gastos de cada tipo de veículo e das rotas que são utilizadas e monitorar o perfil de condução dos seus motoristas.

Motoristas conscientes

Acidentes de trânsito são propagandas extremamente negativas para as empresas que possuam frotas ou que trabalham com essa logística de veículos. Além, é claro, dos prejuízos financeiros que esses acidentes geram para as companhias, que precisam arcar com os custos dos carros danificados e, se for o caso, do atendimento ao motorista e aos envolvidos no incidente.

Para evitar esses acidentes é necessário conscientizar os motoristas da sua frota. É importante que entendam que podem contribuir na redução de acidentes. Para isso devem evitar comportamentos considerados críticos: excesso de velocidade, sono, ultrapassagens inseguras, conversar no celular enquanto dirige, falta de atenção no trânsito, entre outras. Trabalhar a educação dos condutores é prática importante para uma boa gestão de frota.

Atenção aos impostos

Os tributos são preocupações recorrentes em qualquer atividade comercial. Conhecer quais os seus deveres e elaborar um plano para quitar e se manter em dia é importante para manter a saúde dos negócios e não ter dor de cabeça por desrespeitar a lei. A atenção não deve ser apenas em relação às datas de pagamento, mas também aos aumentos de alíquotas e mudanças de regras. Essas informações auxiliam no seu planejamento de gastos e evitam ser pego de surpresa com mudanças em alguns impostos.

Existem várias cobranças que fazem parte da rotina de uma frota: IPVA, multas, revisão e pedágios. Conscientizar motoristas sobre as regras de trânsito, buscar rotas que evitem postos de cobranças e negociar pagamentos de impostos são boas maneiras de tentar reduzir esses custos. Mas é necessário planejamento para criar um sistema em que possa lidar da melhor maneira possível com essas situações.

Ciclo de vida da frota

A manutenção de frotas é uma ação importante para manter as boas condições da frota de veículos, aumentar a vida útil dos veículos e garantir que aconteçam menos imprevistos durante as operações — como, por exemplo, um carro quebrar durante a prestação de um serviço.

Realizar manutenções com qualidade contribui na otimização dos custos, na melhora de produtividade e fornece informações importantes para a gestão da frota, sobretudo no aspecto financeiro. Outro fator importante é o aumento da vida útil dos veículos, que operam em alto nível por mais tempo.

Porém, a renovação da frota é importante e deve ser planejada para que aconteça a boa aplicação dos recursos. Veículos velhos geram mais despesas e necessitam de mais tempo de manutenção, o que reduz a produtividade.

Auxílio da tecnologia

Um software de gestão de frota é essencial para que as empresas mantenham um controle das suas atividades e tenha as informações necessárias para montar o planejamento das ações. Com isso é possível eliminar os riscos ligados ao investimento de veículos, além de garantir maior produtividade e eficiência das operações.

Um bom software de gestão reúne diversas funções que facilitam a rotina das companhias que possuem uma frota: monitoramento de veículos, diagnóstico mecânico, controle do uso de combustível, administração de rotas e dos condutores, acompanhamento e controle de pagamento de impostos, entre outras ações.

Como você, dono de frota, realiza a gestão da sua frota? Já utilizou algumas dessas ações de cuidado dos veículos? Compartilhe as suas experiências!