Como dimensionar minha frota leve de veículos?

 

O setor de transportes no Brasil cresce a cada ano. Em 2014, a estimativa era de que havia no país 1 carro para cada 4,4 habitantes. O cenário nas empresas é semelhante, e é necessário ter cuidado com a frota, sua renovação e gestão.

Uma empresa que precisa ter uma frota altamente eficiente deve ter como uma das prioridades o dimensionamento adequado. Isso garante eficiência, redução dos custos e a obtenção de resultados consistentes.

Para isso, veja a seguir como dimensionar a sua frota leve e ter melhores resultados:

Escolha o melhor modelo de automóvel para a sua frota leve

Quando pensamos em dimensionamento da frota, é importante planejar qual modelo de veículo será adequado ao tipo de operação da empresa. Destacamos abaixo alguns itens que você deve considerar nesta escolha:

• A padronização da frota é um item muito importante, pois quanto menor a quantidade de modelos diferentes tiver a sua frota mais fácil será a sua gestão. Leve em consideração fatores como hierarquia, ou seja, diferencie os modelos dos vendedores e dos gestores de vendas por exemplo. Não esqueça que, como frotista, você conseguirá obter bons descontos.

• Dê preferência aos veículos mais econômicos, avalie através do PBE do INMETRO, praticamente todos os novos veículos já têm esta classificação. Ela é semelhante à classificação de consumo de energia que encontramos nos nossos eletrodomésticos.

• Avalie o custo de manutenção de cada modelo, a maioria das montadoras publica o custo das manutenções preventivas.

• Pesquise o valor do seguro antes de comprar.

• Considere nos custos de aquisição os custos com despachante, IPVA, Taxa de licenciamento e DPVAT.

Após avaliar todos estes itens, considere também uma proposta de locação e compare com todos os custos acima, pode sair mais em conta.

Defina a forma de alocação dos veículos

Após definir os modelos de veículos é hora de pensar na forma de alocação dos veículos. No gerenciamento de uma frota leve, a alocação dos veículos pode ser feita diretamente a um funcionário ou você pode trabalhar com pool de veículos através de reservas. Também é possível trabalhar com uma alocação mista, parte alocada diretamente a funcionários e parte através de um pool de veículos.

O que você deve levar em consideração na hora desta decisão:

• A utilização será durante 100% do dia? Todos os dias da semana?

• Há necessidade de passar na empresa antes de sair?

Os dois modelos têm vantagens e desvantagens, por isso não deixe de considerar um misto entre os dois modelos. Pense tanto na agilidade dos trabalhos dos funcionários como no custo destes veículos para a empresa.

Pense nas demandas e no planejamento estratégico do negócio

É importante estar atento ao planejamento estratégico da sua empresa e levar em consideração no dimensionamento da frota fatores como:

• Abertura/fechamento de filiais e empresas no Grupo;

• Terceirização/Internalização de operações e

• Ampliação/Redução do Quadro de funcionários.

Como dimensionar a sua frota leve

Agora que você já escolheu os modelos, a forma de alocação e já analisou dentro do planejamento estratégico da sua empresa o que pode afetar o dimensionamento da frota, é hora de calcular o tamanho necessário da sua frota.

Para alocação direta é mais simples: considere o número de funcionários e adicione um percentual de veículos reservas. Estes veículos serão usados quando os veículos “titulares” estiverem em manutenção. Se tiver filiais onde a quantidade de veículos seja reduzida, considere a locação de veículos em vez de ter veículos reservas parados. Se você não consegue definir o percentual de veículos reserva, comece então alugando os veículos e, com base nestas locações, defina o percentual após um período de análise.

Trabalhando com pool de veículos o ideal é você definir uma quantidade inicial, e atender o excedente com locação avulsa de veículos, sempre ajustando a quantidade de veículos para reduzir a quantidade de locações avulsas. Não defina a quantidade pelo pico, o pico será atendido com locações avulsas, evite veículos parados.

O dimensionamento de frota é só o primeiro passo, já que é importante garantir uma boa gestão. Para não se complicar sobre o assunto, veja o nosso guia sobre como fazer uma gestão de frotas eficiente!