rastreamento e monitoramento de frotas

O rastreamento e monitoramento de frotas são ferramentas importantíssimas para você garantir a segurança dos motoristas e das cargas. Não só isso, mas é o monitoramento de frotas que fornece os dados e a localização exata do veículo, garantindo mais organização no seu negócio e trazendo agilidade para a logística da sua empresa.

Quase 2 milhões de veículos no Brasil já utilizam algum tipo de dispositivo de rastreamento e monitoramento. O setor de cargas representa a maior parcela deste mercado. O artigo de hoje explica como a tecnologia de rastreamento e monitoramento veicular é utilizada no país. Confira!

Como é o mercado brasileiro?

A tecnologia de rastreamento e monitoramento se tornou popular no Brasil nos anos 80 em virtude da redução nos custos e do aumento dos roubos de veículos. A frota circulante do Brasil hoje é de, aproximadamente, 45 milhões de automóveis. O preço de instalação dessa tecnologia em carros varia entre R$ 100 e R$ 1.000, com uma mensalidade de R$ 40 a R$ 150.

Os setores que mais investem nesta tecnologia são os de vendas, seguradoras e gerenciamento de carga. Em muitos casos, o sistema de rastreamento é combinado com soluções de telemetria, o que possibilita mais informações sobre a forma de condução do veículo e alguns dados de manutenção.

Mais da metade do PIB brasileiro é transportado pelas rodovias. Os investimentos nestes dispositivos e nos serviços de rastreamento, monitoramento e telemetria geram um custo extra que pode variar de 10% a 20% do valor do frete.

Como funciona?

Os provedores destes serviços normalmente trabalham com os seguintes tipos de comunicação: satelital, rádio frequência, celular(GPRS e GPS) e celular(GPRS e GPS) junto com satelital, tudo isto para garantir um rastreamento preciso e em tempo real dos veículos nas estradas do país, diminuindo as áreas de sombra.

Os equipamentos de rastreamento e telemetria devem ser aprovados pela ANATEL e certificados pelo CESVI (Centro de Experimentação e Segurança Viária) ou pelo GRISTEC (Associação Brasileira das Empresas de Gerenciamento de Riscos e de Tecnologia de Rastreamento e Monitoramento).

O que é o Siniav e o SIMRAV?

O Governo Federal vem tentando criar um sistema de rastreamento e gerenciamento por alguns anos, entretanto, as preocupações relacionadas à privacidade estão atrasando o projeto.

Os sistemas SINIAV e o SIMRAV consistem em um chip eletrônico para monitorar veículos com diversas funções e um GPS para monitorar sua localização. O SIMRAV foi criado para reduzir o risco de roubos, enquanto o SINIAV auxiliaria na integração do tráfico e controle por meio do armazenamento de dados dos veículos.

O chip transmite as informações para as antenas, que serão instaladas em postes ou semáforos nas ruas e rodovias. Os dados são capturados e armazenados nas centrais, utilizando dados criptografados. As informações recebidas podem ser utilizadas para inibir furtos e roubos, controlar o tráfego e vigiar a frota.

Os veículos que não possuírem o chip, após a medida entrar em vigor oficialmente, ficarão em situação irregular e serão autuados com multa grave e perda de cinco pontos na carteira, além do risco de não conseguirem licenciamento ou uma nova licença.

As informações recolhidas pelas antenas também serão úteis para controlar o tráfego. Com todos os veículos cadastrados, será possível que a central controle os semáforos e organize engarrafamentos. Poderá ser feita a restrição do trânsito em áreas urbanas e a fiscalização da velocidade média dos veículos.

Qual a importância do rastreamento e monitoramento de frotas?

A partir do momento em que o chip de rastreamento é instalado, a própria empresa tem mais credibilidade para dar autonomia aos motoristas, afinal, há monitoramento de frotas constante, a fim de confirmar que estão realizando um serviço satisfatório.

Com o chip é possível acessar os dados dos motoristas, organizar as rotas, descobrir a velocidade e distância média percorridas, bem como ficar sabendo se o veículo está seguindo as normas de segurança e da legislação brasileira em uma estrada (principalmente no que diz respeito aos horários de liberação dessas vias).

O rastreamento e o monitoramento fazem com que se tenha mais percepção na hora de organizar a sua gestão, podendo encontrar rotas mais rápidas e de fácil acesso, saber qual a eficiência de cada empregado e até mesmo bloquear o veículo quando estiver acontecendo algo estranho (parado por muito tempo, fuga de rota, etc.).

Com esse sistema de monitoramento de frotas você controla a sua gestão e pode saber quais são os erros mais frequentes, reclamações e tempo gasto em cada viagem. Assim, além de conseguir diminuir o prejuízo de manutenção (encontrando rotas melhores ou mais rápidas), também traz mais agilidade nas entregas.

Qual o grau de segurança?

Quando se tem uma gestão da frota de veículos, o quesito segurança é essencial para dar mais credibilidade ao seu serviço, sua carga e seus motoristas. Todos os dias a violência acomete um de nós e, já que estamos falando de caminhões, nada mais justo do que relembrar as cargas que já foram e são roubadas diariamente e o furto de veículos.

Essa é, infelizmente, a nossa realidade. Logo, proteger o seu negócio e a forma como ele é entregue é fundamental. É por isso que hoje em dia é muito comum investir em rastreamento e monitoramento de veículos, a fim de garantir a integridade física do trabalhador e da carga.

Com isso, a empresa tem em mãos os códigos de rastreio, podendo acionar dispositivos ou chamadas à polícia com o objetivo de resolver a situação o mais rapidamente possível. Assim, a organização consegue ter mais controle sobre a sua frota, dando mais segurança ao motorista, que sai todos os dias para realizar entregas em diversos destinos espalhados pelo Brasil.

O rastreamento e monitoramento oferece informações reais e imediatas da rota tomada pelo veículo, sendo possível modificar o trajeto, verificar o andamento das entregas e até estipular uma rota específica para que o veículo siga, justamente para não fugir do que foi pedido. Assim, a frota é muito mais produtiva, segura e competente, uma vez que as rotas são disponibilizadas analisando os trajetos mais curtos e mais rápidos.

A SOFIT fornece uma plataforma para gestão de frotas que atende a qualquer tipo e tamanho de frota. Com o SOFIT você integra todos os seus fornecedores de frotas em um único lugar, permitindo fazer o cruzamento dos dados entre os diversos tipos de fornecedores, por exemplo: cartão de abastecimento com rastreamento, gerando assim um relatório de abastecimentos certificados, este relatório confirma se o veiculo estava realmente no posto no horário fornecido pelo cartão de abastecimento. Alem disto você tem diversos painéis gráficos prontos a partir da integração dos dados de telemetria e rastreamento de qualquer fornecedor.

Aliás, se você ainda não sabe se deve ter a sua própria frota de veículos ou contratar uma frota terceirizada, leia aqui a respeito do tema que se relaciona com monitoramento de frotas!