Furto e roubo de veículos: 8 formas de prevenir em sua frota

O número de roubo de veículos no Brasil ultrapassou a marca de 1 milhão nos últimos anos. 

Os dados são do Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Essa é uma estatística que gestores de frota precisam acompanhar, afinal, além de gerar prejuízos financeiros, o furto e roubo de veículos colocam a vida dos condutores em risco.

Portanto, neste artigo vamos mostrar 8 formas de prevenir esse tipo de incidente na sua frota, através de medidas simples e que você pode começar a aplicar hoje.

Vamos lá?

Furto e roubo de veículos: como gestores de frota devem lidar com isso?

Há uma variedade de métodos que os ladrões podem utilizar para roubar veículos. 

Os veículos são geralmente roubados quando não são vigiados e os criminosos procuram veículos que parecem alvos simples. 

Por exemplo, veículos deixados destrancados, ainda com as chaves na ignição ou sem tecnologia antifurto podem ser mais atrativos para os ladrões, pois provavelmente exigirão menos esforço para serem roubados. 

Embora o risco de veículos roubados geralmente venha de indivíduos externos, as empresas precisam ter em mente que esse roubo também pode resultar em funcionários fraudulentos. 

Em alguns casos, os funcionários podem até conspirar com criminosos para roubar veículos.

Assim, gestores de frota devem aplicar as seguintes medidas para minimizar a probabilidade de roubo de veículos por parte da sua equipe:

  • Realizar verificações de antecedentes dos funcionários;
  • Treinar os colaboradores sobre os protocolos de prevenção de roubo; 
  • Equipar veículos com tecnologia anti-roubo;
  • Educar os funcionários sobre o que fazer logo após o roubo do veículo.

Vamos nos aprofundar sobre outras medidas adiante.

TELEMETRIA VEICULAR: O QUE É E VANTAGENS NA GESTÃO DE FROTA

Como os motoristas podem ajudar a prevenir o furto e roubo de veículos?

A maneira mais simples de reduzir as chances de sua frota ser vítima de um furto ou roubo é inibir essas modalidades de crime e dificultar os acessos aos seus veículos.

Dessa forma, há uma série de táticas que seus motoristas podem implementar para manter seus veículos e equipamentos seguros e protegidos em campo. 

Aqui estão algumas das medidas preventivas básicas mais eficazes:

  • Trancar as portas;
  • Manter as janelas fechadas;
  • Retirar as chaves da ignição;
  • Não deixar chaves extras no veículo;
  • Estacionar os veículos da frota em garagens monitoradas e/ou áreas bem iluminadas;
  • Nunca deixar o veículo ligado em um local sem vigilância.

Como prevenir roubos e veículos na minha frota?

A seguir, confira 8 maneiras de prevenir furtos e roubos de veículos na sua frota.

1. Utilizar alarme nos veículos

A instalação de sistemas de alarme em todos os veículos da frota é uma medida básica e necessária. 

Assim, quando acionado, o alarme pode inibir a ação de criminosos, evitando o furto de cargas, por exemplo.

Da mesma forma, algumas opções mais avançadas de alarmes permitem travar a ignição, impedindo que o veículo saia do lugar.

Além disso, quando combinados com vidros e travas elétricas, sistemas de alarme podem proporcionar mais segurança com um bom custo-benefício.

Embora inibam roubos e furtos de veículos, alarmes não devem ser a única medida de segurança da sua frota. 

Em vez disso, use-os para complementar suas outras práticas de prevenção de roubo.

2. Adesivar os carros

Carros adesivados costumam inibir a ação de ladrões de veículos. 

Isso porque com uma identificação aparente, fica mais difícil esconder o veículo das autoridades e ladrões preferem carros menos chamativos.

Além disso, a adesivação de carros é um processo que fortalece a sua empresa como marca. Assim, os seus clientes terão mais confiança na sua empresa.

3. Aplicar película escura nos vidros

A aplicação de uma película escura nos carros da sua frota evita que curiosos enxerguem o que os motoristas estão fazendo na cabine.

Da mesma forma, as películas escuras evitam que os criminosos avistem objetos de valor deixados no carro.

Embora pareça simples, é preciso ficar atento ao que diz a legislação sobre isso. A lei está prevista na resolução nº 254/2007 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito).

O texto esclarece que a visibilidade não deve ser inferior a:

  • 75% no pára-brisa dianteiro;
  • 70% nas janelas das portas da frente;
  • 28% nas demais janelas do veículo.

4. Evitar viagens à noite

Viagens noturnas são uma oportunidade perfeita para criminosos. 

É que eles aproveitam fatores como a baixa luminosidade e o baixo fluxo de veículos para praticar o roubo.

Ao invés disso, priorize as viagens durante o dia, aproveitando o maior tráfego de veículos e efetivo da polícia rodoviária.

5. Usar roteirizador nas viagens

Roubos de cargas e veículos geralmente acontecem em situações atípicas. Por exemplo, quando um veículo da sua frota trafega por vias mais perigosas e não previstas no seu roteiro.

Dessa forma, um sistema de roteirização ajuda a evitar situações propícias para o roubo de veículos. 

Além de reduzir custos com combustível e aumentar a produtividade da sua frota, um sistema de roteirização também pode ser um grande aliado na prevenção de roubos de veículos.

Isso porque com a roteirização, além das rotas, as paradas também podem ser programadas, garantindo um controle maior sobre o trajeto.

6. Treinar a equipe de motoristas

As empresas devem fornecer a seus funcionários treinamento de rotina sobre medidas adequadas de prevenção de roubo e furto. 

Tais medidas incluem ações simples como estacionar em áreas bem iluminadas, manter todas as janelas fechadas e portas trancadas e evitar guardar objetos pessoais valiosos no veículo.

Além disso, é necessário combinar com os motoristas um protocolo sobre o que fazer quando o veículo é roubado, a fim de facilitar a recuperação e manter a segurança do colaborador.

7. Proteger a carga

Se sua empresa fabrica eletroeletrônicos, alimentos ou vestuário, você provavelmente já sabe que seus produtos são os alvos mais frequentes de ladrões de carga.

Por isso, as empresas que transportam carga dentro de seus veículos devem restringir o acesso a esses itens durante o transporte. 

Em particular, a carga deve ser transportada em baús especiais que só abrem quando chegam ao destino.

Além disso, você deve aproveitar o que a tecnologia tem a oferecer, já que o rastreamento de veículos e remessas, imobilização e selos de segurança avançados e de alta tecnologia estão agora disponíveis a um custo menor.

8. Investir em sistema de telemetria

A telemetria veicular é  uma solução completa de rastreamento e monitoramento de veículos. 

Dessa forma, frotas que utilizam este recursos estarão seguras sobre a localização de um veículo roubado, por exemplo.

Além disso, frotas monitoradas por telemetria geralmente ostentam essa informação em cada veículo, inibindo a ação de criminosos.

Proteja a sua frota

Infelizmente, nenhum veículo está totalmente imune ao roubo. Isso inclui  os veículos da frota. 

Muitos roubos de veículos e equipamentos são crimes de oportunidade, e a maneira mais fácil de preveni-los é reduzir ou eliminar a oportunidade.

Portanto, táticas simples como trancar portas, esconder equipamentos valiosos e instalar dispositivos antifurto, como sistemas de alarme e telemetria, ajudam bastante a proteger sua frota contra roubo de veículos e equipamentos.