Algum colaborador já alertou sobre um veículo consumindo muito combustível?

Com o passar do tempo, alguns componentes do carro e hábitos de direção podem influenciar no consumo e elevar o custo com a sua frota.

Como gestor, a sua missão é monitorar o consumo, além de saber agir quando for necessário. Afinal, gastos com combustível representam até 70% das despesas de uma frota veicular.

Então, continue acompanhando o nosso artigo e entenda porque a sua frota está consumindo mais combustível do que deveria!

Como identificar um veículo consumindo combustível demais?

Computadores de bordo e recursos de controle de combustível fornecidos por ferramentas de gestão auxiliam o gerente de frotas na identificação de um veículo consumindo combustível demais.

Alguns modelos de carros e caminhões já contam com tecnologia capazes de informar o consumo médio e até o instantâneo.

Embora isso seja um recurso útil, nem sempre o motorista consegue calcular o consumo, especialmente enquanto dirige.

Dicas para economizar combustível

Qual a melhor maneira de calcular o consumo de combustível do seu veículo?

Para saber com precisão o consumo do veículo, é preciso apelar para o controle manual. 

Primeiro, complete o tanque — lembre-se de que abastecer com o mesmo combustível deixa o cálculo mais preciso (etanol ou gasolina) —, anote a quantidade abastecida e zere o hodômetro parcial antes de começar a dirigir outra vez.

Depois, basta dirigir até esvaziar o tanque (não precisa ser completamente) e completar novamente. Feito isso, divida a quilometragem que você rodou pela quantidade de combustível que foi colocada no tanque nesse reabastecimento.

Atualmente, existem vários aplicativos e planilhas que podem ajudar o motorista no cálculo do consumo de combustível do veículo, vale a pena conferir.

Fez a conta e seu carro realmente está consumindo mais do que o comum? Veja o que pode estar acontecendo!

5 vilões do aumento no consumo de combustível

1. Filtro de combustível

Sempre esquecido, o filtro de combustível impacta diretamente no consumo de combustível.  Quando está muito velho e não é trocado, ele deixa de reter micropartículas de sujeira que chegam ao motor e dificultam a queima, fazendo o carro consumir mais

2. Calibragem dos pneus

A calibragem incorreta dos pneus também é vilã do consumo de combustível. Mas não é só um pneu muito murcho que faz o carro “beber” mais: o ideal é manter o veículo na calibragem recomendada pela fábrica, pois é a medida que equilibra aderência e consumo.

3. Alinhamento

Um carro desalinhado com certeza vai acabar gastando combustível demais. Isso acontece porque, quando desalinhadas, as rodas acabam exercendo um atrito muito maior com o solo, exigindo mais do motor e consumindo mais combustível.

4. Escapamento

O escapamento também pode impactar no consumo, especialmente se estiver furado.  Esse componente é projetado para dar vazão aos gases da queima e, se está furado ou foi trocado por outro que não tem as mesmas especificações do original.  Isso altera o fluxo de escape e pode aumentar o consumo por não liberar totalmente os resíduos da queima e deixar pouco oxigênio para a combustão.

5. Hábitos de Direção

Os hábitos de dirigir do motorista influenciam muito no consumo de combustível do veículo. 

Afinal, quanto mais você pisa, mais o carro consome combustível. Assim, não é só quem dirige com pressa que acaba gastando muito combustível. Veja alguns hábitos para evitar:

  • alongar marchas: ficar alongando marchas (especialmente baixas como 1ª e 2ª) faz o giro do motor subir muito e, com ele, o consumo;
  • arrancadas: evite arrancar com a aceleração alta;
  • rampa: em subidas e rampas, pare o carro com o freio. Controlá-lo com o acelerador e embreagem vai aumentar tanto o consumo de combustível quanto do componente.

6. Limpeza dos veículos

Em tempos de pandemia, reforçar a higiene nunca é demais. Portanto, lave os carros da sua frota regularmente. Sujeira, fuligem, óleo, graxa e até o sal podem danificar o acabamento.

O que muitos não sabem é que eles adicionam peso e aumentam a resistência aerodinâmica, o que reduz a eficiência do combustível. 

7. Ar-condicionado

Minimize o uso do ar condicionado. Haverá momentos, é claro, em que o calor fará ou uma viagem mais longa fará com que os seus motoristas precisem utilizar o sistema de ar condicionado. 

No entanto, é preciso que isso seja feito com moderação e se você precisar escolher entre manter as janelas abertas em uma viagem que exija uma velocidade constante (acima de 40km/hora) ou usar o ar-condicionado, prefira utilizar o ar na potência mínima.

8. Veículos com cargas muito pesadas

Às vezes, acontece de um veículo ter que transportar uma carga além da necessária, seja para aproveitar a rota ou resolver problemas com entregas atrasadas. Mas o excesso de peso é um dos vilões do alto consumo de combustível, por isso, não deve ser nunca uma regra na sua organização.

Prepare-se para o aumento de combustível

A Petrobrás já anunciou um aumento de 5% no valor do combustível na bomba, com acumulado de 13,4% em 2021. Logo, um veículo consumindo combustível demais pode ser o menor dos seus problemas. 

A menos que seja possível controlar todos os abastecimentos nos postos de gasolina ou diesel, a despesa com combustível da frota inevitavelmente aumentará.

Por isso, é importante adotar medidas de contenção, além das citadas aqui, como:

  • Recorrer a cartões de combustível;
  • Fazer parceria com postos de abastecimento;
  • Planejar rotas mais econômicas e;
  • Oferecer treinamentos constantes aos seus motoristas, em especial, sobre direção econômica.

E aí, fez todas essas checagens mas seu veículo ainda está consumindo combustível demais? Então baixe nosso e-book sobre economia de combustível e vá mais a fundo no que pode estar causando esse problema!

Controle custos e elimine divergências com o controle de combustível da Sofit! Através da nossa ferramenta de controle de abastecimento, você pode monitorar e auditar o abastecimento de veículos próprios ou de terceiros na sua bomba interna.

Obtenha dados precisos de abastecimento através de integração com cartões de combustível e identifique o consumo médio por veículo e condutor. Tenha controle do valor pago por litro, e acompanhe custos por km rodado.

Quer saber mais? Agende uma demonstração sem compromisso: