tecnologia em logística

A tecnologia em logística já é uma realidade. Por menor que seja o negócio, todos já se beneficiam de alguma tecnologia, seja um simples celular ou planilha no computador. No entanto, o mercado está evoluindo rápido e, se você deseja levar a sua operação logística a novos patamares, precisa estar atento às novas tendências do setor.

Dessa forma, os profissionais dessa área devem conhecer as novidades a respeito do assunto, pois é uma maneira de se destacar perante a concorrência. Isso certamente vai trazer benefícios no cotidiano empresarial, como segurança na informação, possibilidade de rastreamento, entre outros benefícios.

Pensando nisso, preparamos este artigo que vai listar 8 tendências que prometem estar cada vez mais presentes no seu cotidiano. Acompanhe!

1. Utilização diversificada de tecnologias de rastreamento

Tecnologias voltadas para o rastreio de cargas permite que as empresas acompanhem os status dos transportes, sinalizando possíveis ocorrências em tempo real. Isso facilita o processo de tomada de decisão pelos administradores, os quais conseguem encontrar soluções mais assertivas, e um tempo reduzido.

Além disso, ela pode ser usada para melhorar o relacionamento com os clientes, ofertando a possibilidade de acompanharem suas cargas em tempo real.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostra que os centros urbanos estão cada vez mais congestionados, o que gera baixa produtividade nas entregas de cargas.

A solução proposta pelos pesquisadores é aprofundar a tecnologia do rastreamento e utilizá-la não apenas como ferramenta de segurança, mas também para determinar a necessidade de alterações de rota para fugir de congestionamentos, encontrar alternativas para estacionar ou alterar a ordem da entrega. Eles afirmam, ainda, que a utilização dessa tecnologia pode minimizar o problema de restrições de horários, comuns nas áreas urbanas, e reduzir congestionamentos.

2. Integração dos e-commerces com as transportadoras

O e-commerce já se consolidou no Brasil, mas ainda tem muito a crescer no quesito transporte. Hoje, essa área é dominada pelos Correios, que realizam cerca de 90% das entregas. A tendência é o desenvolvimento de novos softwares e aplicativos que se integrem aos e-commerces, facilitem a inserção de novos players e ofereçam mais opções de entrega para clientes. Algumas transportadoras que já fazem essas integrações, como a Direct, a JadLog, a UPS e a DHL.

tecnologia na logística

3. Mais automatização nos armazéns

Em muitas fábricas dos países desenvolvidos, existe a participação de pessoas em tarefas rotineiras e repetitivas e quase não há sistemas automatizados, como robôs que tomam conta de operações.

Entre as atividades que foram automatizadas, estão a separação e a conferência de cargas. Talvez, essa não seja a inovação mais imediata, principalmente porque o investimento é alto e estamos passando por um momento de crise, mas, logo, será uma mudança necessária para manter a competitividade do país.

Um sistema de coordenação de armazéns fornece a rotação dirigida de estoques, condutas inteligentes depicking e consolidação automática cross-docking, tudo para melhorar o uso do espaço e do tempo, cortando custos para o usuário. Esse sistema fica incumbido por colher dados — como o tempo de permanência de mercadorias nas prateleiras, por exemplo — e conferir informações, sendo uma ferramenta interessante para as empresas que atuam com galpões logísticos.

4. Uso de aplicativos

A comunicação é essencial no transporte de cargas. Embora já existam os TMS (Sistemas de Gerenciamento de Transporte), esse fluxo geralmente não envolve diretamente o motorista, e os clientes normalmente recebem a informação que é repassada pela transportadora.

Outra tendência é o uso de aplicativos como o Truckpad e o Quero Frete, que aumentam a eficiência e eficácia no uso dos veículos, facilitando a tarefa de encontrar cargas de retorno.

A tecnologia mobile aprimora a gestão de equipes externas, permitindo o acesso ao sistema e aos dados de qualquer lugar. Dessa forma, ela pode auxiliar gestores e colaboradores que atuam viajando e mesmo por motoristas, os quais podem reportar seu status de viagens ou comunicar qualquer ocorrência.

Em tempos em que a comunicação rápida acaba sendo um grande diferencial, a tecnologia mobile exerce uma função fundamental para assegurar que o fluxo de informações seja sempre constante e fluido.

5. Controle dos processos

O número de dados que o ramo de logística gera, diariamente, é muito grande. Com isso, ficar sem usar meios tecnológicos torna quase impossível acompanhar todas as rotinas e controlar as informações relevantes. Portanto, pode-se fizer que o investimento em tecnologia permite acompanhar e controlar melhor todos os processos do trabalho.

O investimento da tecnologia no setor da logística é essencial para que as operações sejam realizadas do modo mais confiável possível, com menores índices de erros e retrabalhos.

Dessa forma, é possível falar que, quanto mais um empreendimento está disposto a investir em meios tecnológicos, mais assertivos e seguros os processos se tornarão.

6. Caminhão inteligentes

Outra tendência que vem ganhando bastante força, proporcionada pelo desenvolvimento da tecnologia, é a possibilidade de que os caminhões estejam o tempo todo conectados — tanto com outros veículos, quanto com o próprio empreendimento. Isso faz com que ocorram trocas de informações em tempo real no tocante à localização, status do transporte e ocorrências, mantendo a comunicação fluida.

7. Entrega com veículos elétricos

A sustentabilidade também está na pauta das empresas, pois, além da responsabilidade socioambiental, a redução dos custos é um grande atrativo. Nesse sentido, uma tecnologia muito efetiva — e que já é tendência — é o uso de veículos elétricos, para realizar pequenas entregas. No Brasil, inclusive, já existem empresas realizando testes nessa modalidade, como os Correios e a Natura.

E aí, gostou do nosso artigo sobre tecnologia em logística? Então, não deixe de assinar nossa newsletter e ficar por dentro deste e de outros assuntos!

8. Investimento em softwares de gestão de frotas

Para atender aos clientes cada vez mais exigentes e à necessidade de reduzir continuamente os custos, as empresas tendem a investir mais em softwares de gestão. Isso, porque eles fornecem as melhores soluções para os clientes e permitem uma integração bem melhor entre empresa e fornecedor.

Os softwares ligados à gestão de frotas são essenciais no setor da logística. Sua utilização permite o controle operacional dos veículos, como consumo de combustível e até a programação para manutenção preventiva.

1 responder

Os comentários estão fechados.